Participar de um leilão de imóvel ou negociar com imobiliária? Conheça as diferenças

Já sabe quais são as principais diferenças entre comprar um imóvel de leilão e negociar diretamente com a imobiliária? Confira no nosso blog!

Atualizado em 27 Set 2022 - Autor Zuk
Participar de um leilão de imóvel ou negociar com imobiliária? Conheça as diferenças

 

H
oje, quem vai comprar uma casa ou apartamento pode optar por algumas categorias, como adquirir a propriedade por meio de um leilão de imóvel ou tentar o modelo tradicional com uma imobiliária no mercado.

 

Por muito tempo, quem quisesse comprar uma propriedade precisava entrar em contato com um corretor, ver as oportunidades disponíveis e só então abrir negociação com o vendedor.

 

Contudo, com o avanço da tecnologia, novas opções surgiram e facilitaram essa busca de imóveis no mercado como um todo. Nesse sentido, um desses novos formatos é justamente o leilão. A evolução da internet facilitou o desenvolvimento das plataformas online, levando a negociação pública à web.

 

Se antes um interessado em leilão deveria comparecer ao local indicado no edital, agora é possível dar lances no conforto de sua casa em dispositivo conectado à web.

 

Assim, o leilão tornou-se uma opção viável e popular para grande parte da população, diversificando a busca de quem deseja comprar um imóvel e realizar o sonho da casa própria.

É possível planejar, pesquisar e encontrar a melhor categoria que cabe em seu bolso e, principalmente, oferece as melhores condições de custo-benefício.

 

Leilão de imóvel x Imobiliária

As duas modalidades de negociação possuem características próprias que facilitam a busca de quem deseja adquirir sua casa ou apartamento.

 

Confira as principais diferenças entre a imobiliária e os leilões:

 

Valor: o preço praticado pela imobiliária, via de regra, é o do mercado e leva em conta a valorização da região, estrutura, condições da propriedade, entre outros fatores. O leilão, por sua vez, oferece oportunidades com descontos vantajosos por conta do tipo de negociação, normalmente extrajudicial ou judicial.

 

Diversidade: na grande maioria dos casos, as ofertas de uma imobiliária ficam restritas à cidade ou região em que ela atua. Dessa forma, quem deseja adquirir alguma propriedade em outra cidade ou estado deve optar pelo leilão. Afinal, as plataformas online reúnem lotes de todas regiões do país.

 

Negociação: quem quer rapidez deve optar pelo leilão de imóvel. Para participar dessa modalidade, basta se cadastrar em nossa plataforma online, se habilitar e escolher o lote desejado para começar a dar lances. Em uma imobiliária, a conversa pode se arrastar por meses até chegar a um acordo com o proprietário.

 

Transparência: em uma imobiliária, o interessado consegue ter todas as informações em mãos apenas se ela pesquisar ou perguntar para o corretor e/ou o proprietário antes da compra. No leilão, todos esses dados, inclusive as condições de pagamento, são detalhadas no edital, principal documento disponibilizado quando um lote é negociado neste modelo.

 

Burocracia: a negociação na imobiliária se arrasta não apenas pela definição do preço e da forma de pagamento, mas também pela ida e vinda de documentos e contratos entre as partes. Já no leilão esse trâmite começa logo após o arremate, com o contato da equipe de pós-venda da empresa leiloeira para passar os próximos passos.

 

Se interessou? Cadastre-se na Zuk e dê seus lances!

A opção pelo leilão de imóvel está se popularizando e crescendo a cada ano em todo o país. Mais pessoas estão interessadas nas vantagens proporcionadas por esta categoria na hora de comprar uma casa ou apartamento e se cadastram em nossa plataforma!

 

Participe você também! Entre em nosso site, cadastre-se e receba as melhores ofertas por e-mail! Nossa equipe está pronta para tirar todas as suas dúvidas e garantir que você faça o melhor negócio.

Para mais informações, acesse as plataformas digitais: