Edital do leilão: tudo o que você precisa saber

Conheça tudo sobre o edital do leilão antes de se habilitar, dar lances e arrematar o imóvel dos sonhos. Clique e confira!

Atualizado em 03 Nov 2022 - Autor Zuk
Edital do leilão: tudo o que você precisa saber

A


ntes de se habilitar, dar lances e arrematar o imóvel dos sonhos, é necessário analisar um documento essencial: o edital do leilão. A leitura correta de seu conteúdo diminui as chances de dúvidas e ajuda a garantir o melhor negócio para o seu bolso.

 

Apesar de sua importância, muitos negligenciam o documento, lendo rapidamente ou, pior, nem mesmo abrindo o arquivo para conferir. Na pressa de aproveitar os valores vantajosos e de aumentar o patrimônio, é comum os usuários passarem essa etapa e irem diretamente à participação no leilão.

 

Não é uma leitura fácil, reconhecemos, tampouco é algo que as pessoas gostam de fazer enquanto estão conectadas. Mas fique atento: a compreensão das informações do edital ajuda a garantir que o negócio seja vantajoso para você.

 

Portanto, controle a ansiedade e ao se interessar em participar do leilão de um imóvel, abra o arquivo do edital e faça uma leitura atenta antes de se habilitar para o lote. É o primeiro passo para aproveitar bem um leilão! Caso ainda tenha dúvidas, você poderá entrar em contato com o atendimento ao cliente da empresa financeira.

 

Por que eu devo ler o edital do leilão?

Em uma negociação tradicional é normal buscar informações sobre o produto ou serviço, o vendedor, as condições de pagamento, entre outros dados, não é mesmo? Com o leilão não é diferente.

 

Por meio do edital, o interessado tem acesso a todos os detalhes do lote em específico: regras de participação, formas de pagamento, valores, ocupação do bem e possíveis débitos que possam existir para o arrematante são alguns dos pontos abordados.

 

Quais são os principais tópicos do edital de leilão?

Forma de participação: o documento traz todas as informações sobre o leilão, como o tipo (presencial, on-line ou simultâneo), a data de encerramento dos lances, condições para participar e os documentos necessários para isso.

 

Informações do leiloeiro: o edital também traz informações sobre o leiloeiro oficial da negociação, o que permite a pesquisa sobre o profissional no site da JUCESP. É importante lembrar que apenas um leiloeiro homologado pelo tribunal de justiça da região pode conduzir um leilão.

 

Detalhes do lote: são informações referentes ao lote escolhido, como metragem, localização, status de ocupação, dívidas, processos, etc.

 

Motivos da negociação: os leilões podem ser divididos em judiciais e extrajudiciais. O edital traz os motivos da negociação daquele bem, como execução de um processo na justiça, alienação fiduciária (quando instituições financeiras recuperam o imóvel por falta de pagamento), entre outras opções.

 

Forma de pagamento: por fim, o documento traz as condições de pagamento aceitas para quem arrematar o lote. No caso dos imóveis, é comum encontrar opções à vista ou parceladas - e não se esqueça da comissão do leiloeiro, também especificada de forma transparente no edital.

 

Seu futuro imóvel está na Zuk!

Agora que você já sabe a importância do edital do leilão, está pronto se habilitar e dar seus lances! Com a Zuk, especialista há mais de trinta anos no mercado, você encontra oportunidades incríveis, em uma plataforma eficiente, que traz o edital e todas as informações necessárias para você encontrar o imóvel de leilão dos seus sonhos!

Veja também:

 

Por que você deve fazer uma leitura caprichada do edital do leilão? Vídeo tutorial

 

Para mais informações, acesse as plataformas digitais: